Piscina Semi Olímpica
ficha técnica e memorial
Piscina Semi Olímpica
ficha técnica e memorial
Piscina Semi Olímpica
ficha técnica e memorial
Ano:
2015
Local:
Curitiba
Equipe:
Alexandre Ruiz da Rosa
Rodrigo Vinci Philippi
André Bihuna DOliveira
Consultores:
Eng. Ricardo Dias

Para suprir uma demanda constante dos associados por maior disponibilidade de raias livres para a prática de natação o Clube Curitibano decidiu construir uma nova piscina semi-olímpica, ampliando o parque aquático existente. O local disponível para esta ampliação está localizado ao sul das piscinas cobertas existentes, ocupado atualmente por uma quadra de beach tênis e uma área gramada muito utilizada por mães e crianças.

A estratégia projetual consiste em evitar o surgimento novas áreas residuais e ao mesmo tempo preservar o gramado existente conectado às piscinas externas. Outra premissa fundamental do projeto foi a requalificação da área de espera dos pais, ampliando o espaço de convívio com ventilação natural e reconfigurando o acesso, garantindo acessibilidade universal a todos os usuários.

O novo edifício é posicionado perpendicularmente às piscinas existentes, ocupando o vazio existente na porção sul do clube vinculado à Rua Petit Carneiro. Com isso garantimos a preservação do solário gramado e ao mesmo tempo criamos uma nova “fronteira” ou limite para o clube. A nova piscina é posicionada de forma a garantir que todo seu perímetro externo seja convertido num jardim, facilitando a execução das fundações e qualificando a paisagem. A cobertura da piscina propõe um sistema de iluminação e ventilação natural abundante, além de um revestimento fono-absorvente, proporcionando conforto ao usuário e economia de energia.


Ano:
2015
Local:
Curitiba
Autores:
Alexandre Ruiz da Rosa Rodrigo Vinci Philippi
Colaboradores:
André Bihuna DOliveira
Consultores:
Eng. Ricardo Dias

Para suprir uma demanda constante dos associados por maior disponibilidade de raias livres para a prática de natação o Clube Curitibano decidiu construir uma nova piscina semi-olímpica, ampliando o parque aquático existente. O local disponível para esta ampliação está localizado ao sul das piscinas cobertas existentes, ocupado atualmente por uma quadra de beach tênis e uma área gramada muito utilizada por mães e crianças.

A estratégia projetual consiste em evitar o surgimento novas áreas residuais e ao mesmo tempo preservar o gramado existente conectado às piscinas externas. Outra premissa fundamental do projeto foi a requalificação da área de espera dos pais, ampliando o espaço de convívio com ventilação natural e reconfigurando o acesso, garantindo acessibilidade universal a todos os usuários.

O novo edifício é posicionado perpendicularmente às piscinas existentes, ocupando o vazio existente na porção sul do clube vinculado à Rua Petit Carneiro. Com isso garantimos a preservação do solário gramado e ao mesmo tempo criamos uma nova “fronteira” ou limite para o clube. A nova piscina é posicionada de forma a garantir que todo seu perímetro externo seja convertido num jardim, facilitando a execução das fundações e qualificando a paisagem. A cobertura da piscina propõe um sistema de iluminação e ventilação natural abundante, além de um revestimento fono-absorvente, proporcionando conforto ao usuário e economia de energia.



Ano:
2015
Local:
Curitiba
Autores:
Alexandre Ruiz da Rosa Rodrigo Vinci Philippi
Colaboradores:
André Bihuna DOliveira
Consultores:
Eng. Ricardo Dias

Para suprir uma demanda constante dos associados por maior disponibilidade de raias livres para a prática de natação o Clube Curitibano decidiu construir uma nova piscina semi-olímpica, ampliando o parque aquático existente. O local disponível para esta ampliação está localizado ao sul das piscinas cobertas existentes, ocupado atualmente por uma quadra de beach tênis e uma área gramada muito utilizada por mães e crianças.

A estratégia projetual consiste em evitar o surgimento novas áreas residuais e ao mesmo tempo preservar o gramado existente conectado às piscinas externas. Outra premissa fundamental do projeto foi a requalificação da área de espera dos pais, ampliando o espaço de convívio com ventilação natural e reconfigurando o acesso, garantindo acessibilidade universal a todos os usuários.

O novo edifício é posicionado perpendicularmente às piscinas existentes, ocupando o vazio existente na porção sul do clube vinculado à Rua Petit Carneiro. Com isso garantimos a preservação do solário gramado e ao mesmo tempo criamos uma nova “fronteira” ou limite para o clube. A nova piscina é posicionada de forma a garantir que todo seu perímetro externo seja convertido num jardim, facilitando a execução das fundações e qualificando a paisagem. A cobertura da piscina propõe um sistema de iluminação e ventilação natural abundante, além de um revestimento fono-absorvente, proporcionando conforto ao usuário e economia de energia.