Casa Olívia
ficha técnica e memorial
Casa Olívia
ficha técnica e memorial
Casa Olívia
ficha técnica e memorial
Ano:
2018
Local:
Curitiba
Equipe:
Alexandre Ruiz
Colaboradores: Bruno Niepsui, João Vitor Sarturi
Publicação:


A Casa Olivia foi concebida para uma família composta de um casal e uma filha. O terreno apresenta grande declividades. A proposta arquitetônica foi de uma casa em três níveis: o inferior, o térreo e o andar superior. O acesso à garagem é escavado no terreno e tem um contato direto com a rua. O térreo é o andar social (cozinha e salas) que se abre para todo o jardim – o lugar do cachorro e das brincadeiras – bem como para os seus platôs externos com belas vistas da cidade. Este andar também se liga pelo exterior à área de estudos - a biblioteca do professor. O segundo nível é o mais reservado: para a área íntima e quartos.

O sol da norte banha com generosidade toda a extensão da casa em seu platô elevado. A biblioteca recebe os primeiros raios matinais, e a sala principal e o quarto do casal recebem o sol do poente. Entre a casa e sua pequena extensão (a biblioteca) foi criado uma pequena área exterior protegida com um vazio circular envolvendo uma árvore de grande porte - a ser plantada junto com a casa. A habitação do homem exige cuidado, requer proteção, assim como a sua vegetação: a árvore assumirá então o seu papel simbólico, o de fincar raízes e de criar vínculos... Descansar, estudar, brincar, contemplar a paisagem e reunir amigos: as regalias de uma casa para uma família.

 


Ano:
2018
Local:
Curitiba
Autores:
Alexandre Ruiz
Colaboradores:
Colaboradores: Bruno Niepsui, João Vitor Sarturi
Colocação:

A Casa Olivia foi concebida para uma família composta de um casal e uma filha. O terreno apresenta grande declividades. A proposta arquitetônica foi de uma casa em três níveis: o inferior, o térreo e o andar superior. O acesso à garagem é escavado no terreno e tem um contato direto com a rua. O térreo é o andar social (cozinha e salas) que se abre para todo o jardim – o lugar do cachorro e das brincadeiras – bem como para os seus platôs externos com belas vistas da cidade. Este andar também se liga pelo exterior à área de estudos - a biblioteca do professor. O segundo nível é o mais reservado: para a área íntima e quartos.

O sol da norte banha com generosidade toda a extensão da casa em seu platô elevado. A biblioteca recebe os primeiros raios matinais, e a sala principal e o quarto do casal recebem o sol do poente. Entre a casa e sua pequena extensão (a biblioteca) foi criado uma pequena área exterior protegida com um vazio circular envolvendo uma árvore de grande porte - a ser plantada junto com a casa. A habitação do homem exige cuidado, requer proteção, assim como a sua vegetação: a árvore assumirá então o seu papel simbólico, o de fincar raízes e de criar vínculos... Descansar, estudar, brincar, contemplar a paisagem e reunir amigos: as regalias de uma casa para uma família.

 



Ano:
2018
Local:
Curitiba
Autores:
Alexandre Ruiz
Colaboradores:
Colaboradores: Bruno Niepsui, João Vitor Sarturi
Colocação:

A Casa Olivia foi concebida para uma família composta de um casal e uma filha. O terreno apresenta grande declividades. A proposta arquitetônica foi de uma casa em três níveis: o inferior, o térreo e o andar superior. O acesso à garagem é escavado no terreno e tem um contato direto com a rua. O térreo é o andar social (cozinha e salas) que se abre para todo o jardim – o lugar do cachorro e das brincadeiras – bem como para os seus platôs externos com belas vistas da cidade. Este andar também se liga pelo exterior à área de estudos - a biblioteca do professor. O segundo nível é o mais reservado: para a área íntima e quartos.

O sol da norte banha com generosidade toda a extensão da casa em seu platô elevado. A biblioteca recebe os primeiros raios matinais, e a sala principal e o quarto do casal recebem o sol do poente. Entre a casa e sua pequena extensão (a biblioteca) foi criado uma pequena área exterior protegida com um vazio circular envolvendo uma árvore de grande porte - a ser plantada junto com a casa. A habitação do homem exige cuidado, requer proteção, assim como a sua vegetação: a árvore assumirá então o seu papel simbólico, o de fincar raízes e de criar vínculos... Descansar, estudar, brincar, contemplar a paisagem e reunir amigos: as regalias de uma casa para uma família.